Automotive Business
  
ABLive

Opinião | Junior Gaino |

Ver todas as opiniões
Junior Gaino

03/02/2021

A próxima revolução é a indústria 5.0, que coloca as pessoas no centro

Chegou a hora de criarmos uma sociedade mais inclusiva para todos, com novas possibilidades para as pessoas surdas



Você já imaginou um mundo sem qualquer som, completamente silencioso? Você já imaginou como é difícil para que os surdos façam coisas simples, mas sem acessibilidade, como pedir um lanche em um drive-thru, agendar uma consulta com o médico, abrir uma conta bancária ou assistir a um programa de TV? Como se estes desafios já não fossem o bastante, há ainda a enorme dificuldade de se capacitar para ter um trabalho melhor porque faltam cursos e treinamentos profissionalizantes em língua de sinais.
É isso que o surdo enfrenta todos os dias.

Hoje temos meio bilhão de surdos no planeta e 11 milhões apenas no Brasil. Estima-se que teremos mais de um bilhão de surdos até 2050 – uma população que precisa ser levada em conta na construção do futuro da sociedade.

Apesar de todas as barreiras, os surdos são guerreiros e vitoriosos. Eles enfrentaram duras batalhas na antiguidade, quando muitos chegavam a perder a vida por não serem aceitos e conseguiram entrar no mercado de trabalho, ainda que em posições iniciais de carreira.

Para acelerar estas mudanças positivas, a Wise Hands está introduzindo a quinta revolução industrial, comercial e social, porque não vamos ficar apenas na indústria 4.0 e Internet das Coisas. Estamos fazendo a indústria 5.0, colocando as pessoas no centro de tudo, onde todas as máquinas e tecnologias servirão para promover o amor aos outros e reduzir as desigualdades.

Neste contexto, a Wise Hands, startup de tecnologia, já realizou o primeiro treinamento de liderança para surdos. Em breve, a empresa irá oferecer mais cursos profissionais especiais para surdos. Estamos criando uma plataforma de educação com língua de sinais para todas as pessoas com deficiência auditiva no mundo. Isso vai acabar com os problemas de comunicação.

Também estamos desenvolvendo aplicações para promover acessibilidade nas indústrias, comércios, shopping centers, praças de alimentação e outros lugares, seja em produtos, serviços ou ambientes, para ajudar todas as empresas e pessoas que queiram promover a acessibilidade com a Wise Hands.


A indústria 5.0 propõe as pessoas como o centro de tudo

E não é só pensando na acessibilidade para surdos: estamos desenvolvendo soluções para os cegos, cadeirantes, idosos, pessoas com mobilidade limitada. Não deixaremos ninguém de fora. Que tal se juntar a nós na redução da desigualdade e promoção de um mundo mais igualitário para todos?

Nossa equipe é composta por pessoas que se preocupam com pessoas. Então convidamos, você, seus amigos, sua empresa e investidores, todos que queiram participar da 5ª revolução e fazer parte da equipe Wise Hands.

We Are Wise!

Junior Gaino é fundador e CEO da Wise Hands.

Comentários

  • FlorenidesSantos Gaino

    Parabénspela iniciativa Junior Gaino fundador e CEO da Wise Hands, pois todas as deficiências são aceitáveis e passíveis de inclusão social. Lembrando que inclusão é um direito daqueles que precisam, e incluir é um dever de todos. Que DEUS continue abençoando muitoooooooo todos Vocês da Wise Hands ????

  • MoniqueCristine Teixeira Pinheiro

    Éum grande prazer e satisfação participar dessa empresa que se preocupa com as pessoas! Colocar o ser humano no centro das ações é de grande responsabilidade social!! Empatia, comprometimento e equidade fazem parte do nosso lema! #wearewise

  • HaroldoGaino

    AHORA E AGORA URGENTE 5.0 2021 ANO DE MUITO SUCESSO E GRATIDÃO A ACESSIBILIDADE AOS SURDOS TEM TODO MEU APOIO PARA ESSA NOVA TECNOLOGIA MUNDIAL AVANTE Wise Hands nota 10 aprovado

  • LucasTiago

    Excelentetrabalho, Deus continue iluminando com sabedoria e novas ideias! Parabéns Jr.

  • GabrielGaino

    Parabénspela iniciativa de buscar um mundo igualitário para todos.?????????

  • WilsonStorolli

    Jáconheço um pouco do trabalho do Junior e da Wise Hands e creio que toda inclusão é sempre necessária, portanto, parabenizo a iniciativa e desejo que possa mudar muitas vidas. Embora a I.4.0 já considere o ser humano no centro, aqui surge uma nova abordagem com a inclusão e espero que o exemplo inspire outras iniciativas para outros tipos de necessidades! Sucesso!

  • Everton

    Otimainiciativa, não podemos seguir sem garantir que todos tenham oportunidades nesta viagem da vida! Vida longa!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência