Automotive Business
  
ABLive

Inovação

Ver mais notícias
Daimler Truck e Linde desenvolvem sistema de abastecimento de hidrogênio
O Mercedes-Benz GenH2 deve estrear a nova tecnologia de reabastecimento com hidrogênio líquido em 2023

Energia | 16/12/2020 | 17h0

Daimler Truck e Linde desenvolvem sistema de abastecimento de hidrogênio

Parceria pretende tornar mais prático e rápido o reabastecimento de caminhões elétricos com células de combustível

REDAÇÃO AB

A Daimler Truck e a Linde, empresa que atua na produção de gases industriais e de engenharia, anunciaram uma parceria para o desenvolvimento da próxima geração da tecnologia de abastecimento de hidrogênio líquido para caminhões elétricos alimentados por células de combustível, que deve tornar o processo de reabastecimento mais simples e prático, além de proporcionar maior rapidez e autonomia ao veículo.

A ideia é que o primeiro reabastecimento seja feito em um veículo protótipo na Alemanha em 2023 e as duas empresas planejam oferecer o máximo de transparência em relação às tecnologias desenvolvidas, a fim de permitir que o maior número possível de empresas passe a desenvolver suas próprias tecnologias de reabastecimento, popularizando o sistema.

“Nós buscamos implementar nossa visão de transportes livres de emissões de CO2 no futuro e a célula de combustível à base de hidrogênio é uma tecnologia chave, de importância estratégica nesse contexto”, afirmou Sven Ennerst, membro de conselho de administração da Daimler Truck AG. “Com nossa colaboração com a Linde, que entra como especialista em tecnologia de reabastecimento de hidrogênio, queremos aumentar a viabilidade e a aceitação na indústria de caminhões com células de combustível com base no hidrogênio. O novo processo pode aumentar ainda mais as inúmeras vantagens que o hidrogênio líquido oferece”, finalizou.

MERCEDES-BENZ GENH2 TRUCK VAI USAR O SISTEMA



O caminhão conceito Mercedes-Benz GenH2 Truck apresentado em setembro passado será o primeiro a utilizar a nova tecnologia de reabastecimento, em testes que o modelo deverá realizar com clientes potenciais em 2023. A produção em série do GenH2 Truck deve começar na segunda metade da década, e graças ao uso do hidrogênio líquido, em vez do gasoso, é esperado que o desempenho do futuro caminhão se iguale ao de modelos equivalentes movidos a diesel.

A Daimler Truck aposta no hidrogênio líquido (LH2) pois afirma que nesse estado a transmissão de energia possui densidade muito maior em relação ao volume do que o hidrogênio gasoso. Isso permite que o caminhão movido a célula de combustível com LH2 utilize tanques menores e bem mais leves, o que se traduz em maior capacidade de carga.



Tags: Elétricos, Daimler Truck, Linde, Mercedes-Benz, GenH2, célula de combustível, hidrogênio líquido, reabastecimento, Sven Ennerst.

Veja também

ABTV

AB Inteligência