Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 01/07/2008 | 00h00

Estagflação atordoa o setor nos EUA

A estagflação ameaça a indústria automobilística norte-americana, trazendo um dos piores cenários para fabricantes de veículos e componentes, na visão de April Wortham, de Automotive News.

Automotive Business

A estagflação ameaça a indústria automobilística norte-americana, trazendo um dos piores cenários para fabricantes de veículos e componentes, na visão de April Wortham, de Automotive News. Fornecedores de matérias-primas como óleos, borracha, aço e resinas plásticas estão impondo enormes elevações de preços, enquanto as vendas de veículos entram em colapso nos Estados Unidos. As montadoras parecem sem saída, diante da dificuldade de repassar custos em mercado declinante. Os números são alarmantes: nos últimos doze meses o polipropileno subiu 45%; os pneus estão 20% mais caros do que há três meses; o óleo para a petroquímica custa ao redor de US$ 136 em mercados futuros, 39% mais do que no início de janeiro; o gás natural está 63% mais caro desde janeiro; o aço utilizado em pára-choques, rodas e molduras chegou a US$ 1 mil por tonelada, dobrando em relação a dezembro. Os fornecedores de componentes para o interior de veículos estão particularmente vulneráveis, já que utilizam volumes expressivos de resinas derivadas de petróleo para fabricar painéis de instrumentos, cockpits, painéis de portas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência