Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Aftermarket | 12/01/2018 | 19h00

MAN cresce em vendas de peças e acessórios

Faturamento do setor aumentou 5% e volumes avançaram 20%

REDAÇÃO AB

A MAN Latin America, fabricante das marcas Volkswagen Caminhões e Ônibus e MAN, fechou 2017 com aumento de 5% no faturamento e de quase 20% nos volumes de vendas de peças e acessórios, na comparação com o ano anterior. Segundo a empresa, a expansão dos negócios no aftermarket se deve à conquista de novos clientes atraídos pela ampliação da oferta da montadora, com o lançamento de linhas mais econômicas.

“Em 2018, mais opções de peças com essas características deverão chegar ao mercado. A perspectiva é continuar em ritmo acelerado graças não só à recuperação da economia, mas sobretudo por causa das novidades que vamos ter em componentes remanufaturados, para reduzir o custo total de operação (TCO) de nossos clientes”, afirma Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America.

No ano passado a MAN lançou a linha de peças Economy com mais de 60 componentes a preços mais baratos, abrangendo desde lonas de freio, filtros de ar e de combustível e tambores de freio a kits de embreagem que mantêm a garantia da marca Original Volkswagen. A montadora estima que o portfólio mais econômico foi o principal fator para o avanço de quase 20% nas vendas por veículo da frota circulante adquiridos nos últimos seis anos, considerados como clientes potenciais do segmento. “O portfólio com peças a custo menor agradou a clientes com frota mais antiga e os levou de volta às concessionárias para comprar novamente”, analisa Cortes. O produto mais vendido foi a família de filtros.

EXPORTAÇÕES EM ALTA

As vendas peças e acessórios da MAN para mercados internacionais também tiveram resultado positivo em 2017: o faturamento em dólar da área cresceu 19%. Entre os destaques, a Argentina passou a apostar mais nas peças de reposição originais Volkswagen em decorrência da recuperação econômica no país e do aumento das vendas dos veículos comerciais da marca. Seguindo o mesmo movimento Chile, México, África do Sul e Nigéria também contribuíram para os negócios de aftermarket da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

O setor de peças e acessórios é responsável por enviar e comercializar componentes de reposição para abastecer a rede de cerca de 150 concessionárias em todo o Brasil, além dos 30 países para onde a empresa exporta seus veículos. Essas viagens começam no Centro de Distribuição de Peças do Grupo Volkswagen em Vinhedo (SP), um dos maiores do setor na América Latina, com 132 mil m² de área dedicada à armazenagem, sendo 32 mil m² exclusivos das marcas VW Caminhões e Ônibus e MAN.



Tags: MAN Latin América, Volkswagen Caminhões e Ônibus, VWCO, peças, acessórios, mercado, reposição, aftermarket, balanço.

Comentários

  • Rafael

    Eu gostaria de saber se a MAN teve esse aumento também na linha de peças genuínas ou foi a linha economy que sustentou as vendas de peças em 2017 e proporcionou esse aumento no faturamento.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência