Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Cummins amplia atuação no segmento agrícola
Pulverizador Jacto Uniport 3030 recebe motor Cummins QSC 8.3 de 300 cavalos

Máquinas | 05/02/2019 | 10h16

Cummins amplia atuação no segmento agrícola

Motores QSC 8.3 e QSB 6.7 estão em pulverizadores Jacto e Stara

REDAÇÃO AB

A Cummins passa a fornecer motores com sistema eletrônico de alimentação para três novos equipamentos agrícolas. Esses propulsores são fabricados em Guarulhos (SP) e atendem à legislação MAR-I, voltada à redução de emissões por máquinas agrícolas e rodoviárias.

Uma das aplicações está no pulverizador Uniport 3030 EletroVortex, fabricado pela Jacto. O motor Cummins empregado é um QSC 8.3 de 300 cavalos. E o Cummins QSB 6.7 de 260 cv passa a ser utilizado nos pulverizadores Stara Imperador 3000 e 4000.

“Para o processo de desenvolvimento, a Cummins e o cliente realizaram testes severos em dez equipamentos em operação. Com isso conseguimos o ajuste perfeito entre o motor e a máquina”, afirma o especialista de vendas off-highway da Cummins, Tiago Batschauer.

A fábrica de Guarulhos fornece motores de 4,5 a 12 litros para o segmento agrícola. Os lançamentos da Stara e da Jacto estão no Show Rural Copavel, primeira grande feira nacional do agronegócio que ocorre até o dia 8 em Cascavel (PR).



Tags: Cummins, Stara, Jacto, MAR-I, máquinas agrícolas, Uniport, EletroVortex, Imperador, Tiago Batschauer.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência