Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Volkswagen vai simplificar oferta do Up!

Mercado | 21/02/2019 | 19h33

Volkswagen vai simplificar oferta do Up!

Montadora vai reduzir versões para melhorar a competitividade do hatch

REDAÇÃO AB

A Volkswagen promete simplificar a oferta do Up!, cujas vendas continuam patinando. Em 2018, enquanto concorrentes mais diretos como Renault Kwid e Fiat Mobi registraram 67,3 mil e 49,5 mil unidades, respectivamente, o pequeno Volkswagen anotou apenas 20,6 mil licenciamentos.

“Ainda não sei detalhes, mas certamente vamos diminuir a oferta de versões para facilitar a escolha do cliente. Fizemos isso com o Fox. Ele agora tem apenas duas versões e suas vendas aumentaram 35%”, afirma o presidente e CEO da VW para a América Latina, Pablo Di Si.



Em 2018 o veterano Fox teve 39,3 mil unidades vendidas, 90% mais que o Up! Um caminho possível seria a eliminação da opção com motor aspirado e transmissão automatizada, palavra que Di Si pretende limar do vocabulário da Volkswagen. Ficariam então duas opções, uma com motor 1.0 aspirado e outra com o 1.0 turbo.

Pelo site da Volkswagen, o Up! tem atualmente três versões: Move Up!, Cross Up! e Up! Pepper. A primeira delas tem três variações: 1.0 manual, 1.0 automatizada e 1.0 turbo manual. As outras duas (Cross Up! e Pepper) recebem o motor turbo.

Outra questão a resolver é o preço, já que o Up! mais em conta (aspirado com câmbio manual) começa em R$ 52.860. São quase R$ 20 mil a mais do que o Kwid ou o Mobi de entrada. E o Fiat Mobi sai por menos de R$ 50 mil com transmissão automatizada. Um caminho para baixar os preços do Up! seria a redução dos equipamentos de série.



Tags: Volkswagen, VW, Up!, Renault, Kwid, Fiat, Mobi, Pablo Di Si.

Comentários

  • Josué

    Osegredo do Fox tá vendendo bem é o preço. Um carro 1.6 completo a preços de 1.0 básico. Se baixar o preço do Up ele tb vai vender, simplesmente isso.

  • Carlos

    AVW já vem fazendo isso. Já tirou a versão duas portas. Eu vejo dois fatores: A) o preço, e não questão de tirar conteúdo, e abaixar o preço mesmo. B) a concorrência dentro da própria marca: Fox e Gol.

  • SergioSignorini Junior

    Anota apresenta uma conclusiva interessante. Para baixar o preço do carro, deverão ser retirados equipamentos do carro. O que vai acontecer? Voltaremos a epoca da brasilia, fusca ou variant com vidros manuais, retrovisor somente do lado esquerdo, retirada dos airbags, rodas de madeiras.....só falta dizer que teremos que aprender a domar cavalos para poder abaixar os preços...terra brasilis...terceiro ou quarto mundo??

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência