Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
VW T-Cross alcança nota máxima em testes de colisão do Latin NCAP
VW T-Cross vai bem em testes de colisão e é atestado com nota máxima de segurança pelo Latin NCAP

Segurança | 28/03/2019 | 13h40

VW T-Cross alcança nota máxima em testes de colisão do Latin NCAP

Toyota Yaris também é avaliado e recebe quatro das cinco estrelas

REDAÇÃO AB

O Volkswagen T-Cross recebeu cinco estrelas – nota máxima – nos testes de colisão que atestam a segurança dos passageiros adultos e crianças em veículos. O cras test foi realizados pelo Latin NCAP, Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe, que divulgou os resultados alcançados pelo SUV compacto na quinta-feira, 28, juntamente com a avaliação do Toyota Yaris, que recebeu quatro estrelas (veja os vídeos abaixo).

Ambos os testes foram patrocinados, ou seja, a própria montadora oferece o carro para o crash test. Conforme as regras de patrocínio, o carro é escolhido aleatoriamente por representante do Latin NCAP e a montadora arca com os custos da avaliação.

Recém lançado, o Volkswagen T-Cross é o primeiro SUV da marca produzido no Brasil. Ele é equipado com seis airbags de série, o que ajudou a alcançar a classificação máxima nos três testes de colisão realizados: frontal, lateral e lateral de poste. O modelo também vem com controle eletrônico de estabilidade (ESC) em todas as versões: o equipamento é um dos requisitos do novo protocolo do Latin NCAP para alcançar a nota máxima em segurança.

No quesito proteção de ocupantes infantis, o T-Cross inclui ancoragens aprovadas de tamanho I-size que facilitam a instalação dos sistemas de retenção infantil (SRI) para crianças de idades mais avançadas voltadas para trás, de acordo com as melhores práticas globais. O modelo conta ainda com um interruptor para desconectar o airbag do passageiro e oferece a possibilidade de instalar, com segurança, todos os SRIs testados na prova de instalação.

Adicionalmente, o SUV compacto da VW também recebeu o prêmio Latin NCAP Advanced Award de proteção de pedestres e tecnologia de frenagem de colisão múltipla.

O Toyota Yaris, também produzido no Brasil, conquistou quatro estrelas em uma escala de cinco, tanto para proteção de adultos quanto para ocupantes infantis, nas versões hatch e sedã nos testes de colisão frontal e lateral (o veículo não passou pelo teste de colisão em poste). Equipado com dois airbags de série – como determina a legislação brasileira – o veículo possui ESC também de série. Em seu relatório de avaliação, o Latin NCAP atesta que o modelo apresentou boa proteção para adultos no impacto lateral, e proteção de aceitável para boa no impacto frontal. A estrutura foi classificada como instável e a falta de airbags laterais para proteção da cabeça fez com que o veículo ganhasse a pontuação de quatro estrelas.

Um dummy de passageiro criança de três anos de idade foi instalado voltado para trás de acordo com as recomendações globais mais recentes para passageiros desta idade, o que explica a pontuação máxima para ambos os passageiros infantis na avaliação do teste dinâmico. Segundo o Latin NCAP, a sinalização das ancoragens Isofix não atende aos requisitos de seu protocolo, o que, somado à falta de um interruptor para desconectar o airbag do passageiro, explica as quatro estrelas para proteção dos ocupantes infantis.

“A classificação máxima da Volkswagen T-Cross é muito encorajadora. Apelamos a todos os fabricantes de veículos para alcançarem resultados de cinco estrelas e pontuações máximas para toda a sua frota no mercado do Latin NCAP. É inaceitável que, mesmo em 2019, alguns fabricantes globais não tenham atingido as cinco estrelas nos testes de colisão do Latin NCAP. A decisão da Toyota, de ser o primeiro fabricante de veículos na região a recomendar, desde 2015 vem impulsionando esta medida na maioria dos testes que a criança de três anos deve ser colocada voltada para trás, o que demonstra a relevância que o fabricante dá à proteção dos ocupantes infantis. Fazendo questão disso, deixa um precedente para outros fabricantes de veículos acompanharem esses termos de segurança infantil”, declarou o secretário geral do Latin NCAP, Alejandro Furas.





Tags: VW, Volkswagen, T-Cross, Toyota, Yaris, Latin NCAP, crash test, segurança, colisão.

Comentários

  • MarcosRolim

    Quandoa CAOA irá fazer o test crash dos carros chineses que está montando no Brasil?

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência