Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Volkswagen é a marca mais procurada entre os zero-km

Mercado | 29/07/2019 | 20h45

Volkswagen é a marca mais procurada entre os zero-km

Estudo da KBB Brasil e iCarros mostra Fiat em segundo e Chevrolet em terceiro

REDAÇÃO AB

A Volkswagen foi a montadora mais procurada neste primeiro semestre em automóveis zero-quilômetro, seguida de Chevrolet e Fiat. Já no ranking de usados é a Chevrolet que ocupa o primeiro lugar, com a Fiat também em segundo e a VW em terceiro. A conclusão é de um estudo da KBB Brasil e do site iCarros.

Na busca por modelo há uma inversão: o zero-quilômetro mais procurado é um Chevrolet, o Onix. E o Volkswagen Gol lidera a busca dos usados. Entre os novos ou usados, a maior procura começa pelos hatches, seguida por sedãs e SUVs. Depois vêm as picapes, minivans e modelos de luxo.



Na busca por tipo de carroceria, o Corolla é o terceiro sedã zero-quilômetro mais buscado e ocupa a primeira posição entre os de segunda mão. O Chevrolet Prisma é outro bem ranqueado, com o segundo lugar entre os sedãs novos e terceiro entre os usados. Outro Chevrolet, o Camaro, aparece em destaque na categoria veículo de luxo como o segundo zero-quilômetro mais procurado e o primeiro entre os usados.


DEPRECIAÇÃO DE USADOS


O estudo revela que o usado mais depreciado no semestre foi a picape Fiat Toro (-18,1%), seguida da Fiat Strada (-17,8%) e do Ford Focus sedã (-17,7%). As menores desvalorizações ocorreram para os modelos Peugeot 5008 (-0,59%), Toyota Hilux (-1,92%) e Toyota Yaris hatch (-2%).




Tags: Volkswagen, Chevrolet, KBB Brasil, iCarros, Onix, Prisma, Gol, Toyota, Fiat, Toro, Strada, Corolla, Yaris, Peugeot, 5008, Hilux.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência