Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Audi começa a vender novos A6 sedã e A7 Sportback
A6 tem preço sugerido de R$ 426.990. Tanto ele como o A7 recebem motor 3.0 V6 de 340 cavalos

Lançamentos | 16/08/2019 | 13h23

Audi começa a vender novos A6 sedã e A7 Sportback

Promoção de lançamento dá 1ª e 2ª revisões, mais R$ 30 mil de valorização no usado

REDAÇÃO AB

A Audi começa a vender no Brasil os novos A6 sedã e A7 Sportback. Os carros recebem motor 3.0 V6 a gasolina com 340 cavalos. A transmissão é automática Tiptronic de oito marchas. Esse conjunto motor-câmbio é o mesmo aplicado no novo Q8. O A6 tem preço sugerido de R$ 426.990 e o A7, R$ 456.990.

Para as primeiras quinze unidades de cada modelo a Audi oferece as duas primeiras revisões grátis e valorização de R$ 30 mil para no veículo dado como entrada, seja um Audi ou não. Os novos A6 e A7 chegam ao Brasil em setembro.

Também como no Q8, os dois novos carros recebem no centro do painel duas telas. A de cima serve para controlar a central multimídia. A de baixo ajusta o ar-condicionado e outras funções de conforto e conveniência, além de permitir a entrada de texto. Elas são sensíveis ao toque e produzem um clique audível e perceptível ao tato, confirmando a ativação da função.


O A7 Sportback tem linhas de cupê, mas nem por isso economiza no espaço interno ou para bagagem. Comporta 535 litros no porta-malas e chega a 1.390 l com os bancos traseiros rebatidos. Os dois modelos fazem parte de uma nova leva de carros acima de R$ 200 mil à venda pela marca alemã.


A7 Sportback tem o estilo de um cupê, mas bom espaço interno e porta-malas para 535 litros. Câmbio automático é Tiptronic de 8 marchas, como no A6



Tags: Audi, A6, A7, Q8.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência