Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Retração persiste na Argentina, venda de veículos cai 47% e afeta o Brasil

Indústria | 05/11/2019 | 20h00

Retração persiste na Argentina, venda de veículos cai 47% e afeta o Brasil

Produção e exportação também seguem em queda na comparação entre 2018 e 2019

REDAÇÃO AB

Continua sofrível o desempenho dos fabricantes de veículos instalados na Argentina, onde persiste a forte retração das vendas de veículos e também da produção e exportações na comparação entre os primeiros 10 meses de 2018 e 2019. O ano tende a fechar com menos de 400 mil veículos vendidos no país, o que afeta diretamente fábricas no Brasil que têm no mercado argentino seu principal destino de exportações. Por causa do tombo no vizinho, a Volkswagen, por exemplo, deve encerrar o terceiro turno de produção em São Bernardo do Campo e suspender o contrato de trabalho (layoff) de 1,4 mil empregados. Outras montadoras também adotam mecanismos para reduzir a produção devido à queda das vendas externas.

De acordo com números divulgados na terça-feira, 5, pela Adefa, a associação dos fabricantes instalados na Argentinam, as vendas no mercado interno das montadoras a seus concessionários de janeiro a outubro somaram 318.423 veículos, o que representa queda de 47% na comparação com o mesmo período do ano passado. Em outubro isoladamente foram faturados 27.204 unidades, número apenas 1,2% acima do registrado em setembro e quase 27% abaixo de igual mês de 2018.

Com mais dias de atividade nas fábricas, 22 em outubro, a produção no país cresceu 15% em relação a setembro, alcançou 31.834 unidades, mas o número segue 17,7% menor na comparação com o mesmo mês de 2018. No acumulado do ano, foram produzidos 273.164 veículos na Argentina, em retração de um terço (-33,3%) sobre os mesmos 10 meses do ano anterior.

As exportações de veículos argentinos têm desempenho melhor, este ano até outubro somaram 187.362 unidades, representam 68% da produção do país, mas também estão no campo negativo. O volume exportado em 10 meses é 15% menor do que o registrado um ano antes. No último mês foram embarcados ao exterior 19.339 veículos, 10,3% menos do que em setembro e 12,2% abaixo do verificado em outubro de 2018.



Tags: Argentina, mercado, vendas de veículos, produção, exportação, desempenho.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência