Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Iochpe Maxion mantém programas de inovação com Embrapii

Autopeças | 23/07/2020 | 19h15

Iochpe Maxion mantém programas de inovação com Embrapii

Divisões de rodas e componentes estruturais dividem custos com instituição em novos projetos

PEDRO KUTNEY, AB

O grupo Iochpe Maxion encontrou nos programas da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) o caminho para continuar investindo em inovação e tecnologia em tempos de caixa limitado pela pandemia de coronavírus. Mesmo depois da intensificação da Covid-19 no País, as divisões de rodas Maxion Wheels e de componentes estruturais de chassis Maxion Structural Components seguiram com o desenvolvimento de novos projetos em que dividem os custos de desenvolvimento com a Embrapii e suas unidades, os ICTs, instituições científicas e tecnológicas, normalmente localizadas em universidades espalhadas pelo País.

As divisões do grupo já desenvolveram nos últimos quatro anos três projetos bem-sucedidos com a Embrapii, que financia com recursos públicos e sem reembolso um terço dos custos e o restante é dividido entre empresas e os ICTs. Agora, após a instalação da forte crise econômica na esteira da pandemia, o acesso aos programas subsidiados tornou-se fundamental para viabilizar as iniciativas de inovação da empresa.

Em junho a Iochpe Maxion intensificou a parceria com a realização do Embrapii Day, um encontro virtual entre gestores da empresa e representantes de 12 ICTs da rede Embrapii, que receberam 15 oportunidades de desenvolvimento de novos produtos e processos industriais, incluindo uso de materiais alternativos e adoção de sistemas da Indústria 4.0 nas fábricas do grupo. Após essa dinâmica, foram selecionadas 12 projetos de pesquisa, três para a Maxion Structural Components, três para a Maxion Wheels e seis para a divisão ferroviária. Este mês foram iniciados os processos de avaliação de cada projeto, para escolher os que têm mais chances de ir adiante.

“Além de reduzir custos, com a Embrapii nós construímos uma ponte sobre o chamado ‘vale da morte da inovação’, que fica entre as empresas e o meio acadêmico, onde muitos projetos morrem porque não têm como ser implantados dentro da indústria com alta escala de produção. Por meio dessa conexão conseguimos replicar o ambiente industrial para dentro dos ICTs e assim desenvolver projetos bem-sucedidos”, explica Carlos Eduardo Lopes, diretor global de engenharia avançada da Maxion Wheels.



CUSTOS E RISCOS DILUÍDOS



“Claro que a crise reduziu nossa capacidade de investimento, mas por meio do acesso simples e desburocratizado aos programas da Embrapii conseguimos diluir custos e manter em execução parte dos nossos projetos”, explica Lopes. A primeira iniciativa nascida do Embrapii Day a ser avaliada pela Maxion Wheels será o uso de sensores para medir a pintura de rodas, com o objetivo de reduzir custos de material e retrabalho ou garantia em caso de produção com algum defeito.

Em uma parceria anterior, a Maxion Wheels desenvolveu uma roda híbrida, produzida com disco (o miolo) de fibra de carbono e aro de aço, com o objetivo de reduzir peso sem perda da necessária robustez do componente. Descobriu-se que o componente não funciona bem em altas temperaturas, mas nem por isso a iniciativa foi desmerecida, pois serviu para trazer esse conhecimento à empresa com reduzida perda financeira, o que mitiga o risco inerente qualquer processo de inovação – o de não funcionar – e aumenta a capacidade de desenvolver outras iniciativas.

“A inovação traz vantagem competitiva, gera novas receitas e contribui para o desenvolvimento sustentável da companhia. A possibilidade de ter um parceiro como a Embrapii desburocratiza e agiliza nossos novos projetos”, afirma Marco Tulio Ricci, gerente de inovação da Maxion Structural Components.



A divisão de componentes estruturais pode começar em breve a colher os resultados da parceria com a Embrapii. Em 2016 foi iniciado junto com um ICT o desenvolvimento de travessas de compósitos (como fibra de vidro e carbono) para chassis de caminhões e ônibus, que com a mesma resistência do aço reduz pela metade o peso da peça, em favor da economia de combustível atualmente buscada por qualquer fabricante de veículos. “É o primeiro componente deste tipo que pode ser produzido em grandes volumes. A primeira fase do projeto foi concluída e capturamos o conhecimento de como fazer. Agora vamos produzir os protótipos para validação e futura produção”, conta Ricci.

Entre os novos projetos da divisão com ICTs da rede Embrapii, está o desenvolvimento de um sistema de informação de manutenções preditivas em linhas de produção, o que evita paradas inesperadas e reduz custos. Outra iniciativa em estudo é a inspeção de peças por meio de câmeras, para assegurar que tenham as dimensões corretas.

A Iochpe Maxion também está credenciada no Rota 2030, programa de desenvolvimento da indústria automotiva nacional, que permite descontos dos investimentos em P&D no Imposto de Renda e Contribuição Social sobre Lucro Líquido.



Tags: Iochpe Maxion, Embrapii, ICTs, inovação, P&D, pesquisa, desenvolvimento, tecnologia, Maxion Wheels, rodas, Maxion Structural Components, componentes estruturais, autopeças, indústria, pandemia, coronavírus, Covid-19.

Comentários

  • ArnaldoPellizzaro

    Emgeral, redução de peso em veículos comerciais não resulta em redução de consumo, pois raramente se deslocam vazios. A métrica adequada nestes casos é o aumento de carga útil.

  • EmersonWillian

    Reduçãode peso pode gerar menos emissão de monóxido de carbono, menos esforço para o veículo e ainda ver na prática o comportamento da aplicação de novos matérias.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência