Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
VW Multivan é a nova Kombi, híbrida e com motor de Polo GTS
A VW Multivan traz portas deslizantes duplas com acionamento elétrico

Lançamentos | 14/06/2021 | 11h00

VW Multivan é a nova Kombi, híbrida e com motor de Polo GTS

Van tem diversos recursos de assistência ao motorista, portas que abrem por gestos e bancos que giram 180 graus

REDAÇÃO AB, PARCERIA COM PRIMEIRA MARCHA

Não é todo dia que a Volkswagen tem oportunidade de apresentar a releitura moderna de um clássico, como é o caso da recém-lançada geração da Multivan, considerada a sucessora da Kombi, como mostra a reportagem do site Primeira Marcha.

Uma das maiores novidades é uma inédita versão híbrida, que traz motor 1.4 turbo de 150 cv (o mesmo que equipa o Polo GTS no Brasil) combinado com um elétrico, que leva a potência aos 204 cv. Esse mesmo conjunto mecânico está presente no Golf GTE que a Volkswagen vendeu no Brasil recentemente.

Publicidade



Essa é a geração T7 da van da Volkswagen (o número refere-se à 7ª geração). Vale lembrar que a nossa Kombi, lançada em 1953 e mantida em linha até 2013, chegou apenas até a geração T2. Ou seja, entre elas, existiram outras quatro encarnações do utilitário.

E você quer saber quais são as chances de a Volkswagen trazer a nova Multivan para o Brasil? Praticamente as mesmas de voltar a produzir a antiga Kombi. Mesmo assim, vale conhecer um pouco da nova Multivan, que é produzida sobre a polivalente plataforma MQB, a mesma da família Polo e do Taos.


A sétima geração da van é 54 cm maior que a nossa antiga Kombi

A nova van tem 4,97 m de comprimento, 3,12 m de entre-eixos, 1,94 m de largura e até 1,90 m de altura e pode levar até 7 ocupantes. Ele é bem maior que a nossa Kombi, que tinha 4,51 de comprimento, 2,40 de entre-eixos e 1,72 m de largura, apesar de a versão antiga ser bem mais alta (2,04 m).

Pelo menos no visual, a versão apresentada faz uma referência direta a uma característica marcante da antiga Kombi: a famosa pintura em dois tons, que no Brasil era chamada popularmente de "saia e blusa".

O desenho segue estilo minimalista, e, mesmo sendo um veículo comercial, lembra os novos Golf e ID. 3, com faróis estreitos com os cantos arredondados. Aliás, se engana quem pensa que a Multivan é despida de tecnologia.

Ela pode trazer teto solar panorâmico com vidro laminado que reduz a radiação térmica, portas deslizantes elétricas, que podem ser operadas por gestos, faróis de LED (com a tecnologia IQ.LIGHT como opcional), comunicação local com outros veículos e infraestrutura das rodovias, pacote IQ.DRIVE Travel Assist, que inclui controle de velocidade adaptativo e o assistente de saída de faixa com correção, câmera 360 ​​graus e quadro de instrumentos digital.


Painel traz tela digital de 10,25 pol. para o motorista, além da central multimídia de 10 pol.

Há um quadro de instrumentos digital de 10,25 polegadas para uso do motorista, enquanto a central multimídia no centro do painel traz uma tela tela sensível de 10 polegadas e sistema de som Harman Kardon com 14 alto-falantes.

Para garantir conforto e praticidade para seus ocupantes, os bancos da segunda podem girar em um ângulo de 180 graus para criar o efeito “sala de conferência”. A parte traseira do piso também é totalmente plana e permite a retirada dos bancos para ganhar uma grande área de carga.


Banco da segunda fileira podem girar para criar uma sala de conferência

Além do conjunto híbrido, a Volkswagen Multivan pode ser equipada com outras motorizações: 1.5 turbo de 136 cv, 2.0 turbo de 204 cv ou 2.0 turbodiesel de 150 cv. Todos são combinados com uma transmissão de dupla embreagem de sete marchas.

A VW vai começar a vender o modelo na Europa no final deste ano. A empresa não divulgou os preços, mas segundo a imprensa alemã seu preço inicial será de € 45.000 euros (R$ 278 mil).



Tags: Volkswagen, VW, Multivan, Kombi.

Comentários

  • YoshioHinata

    Essetipo de Van, é o que mais tem no Japão. Só no Brasil que não lançam as Vans para uso misto, para usar com familia e para usar como utilitario.

  • ÁngeloGaiarsa Neto

    Certamentefará sucesso no Brasil

  • ROMEUNUNES FERREIRA ROMEU

    EUSOU UM MEI EM COMEÇO DE CARREIRA. ESSA J7. E MUITO CARA PARA NOS MANDI IN BRAZIL. FAÇAM UMA VERSÃO TIPO FURGÃO. 1.5....

  • RONALD

    Eaqui nos devemos nos contentar com a SPIN.... é fogo...

  • NeidaMaria Fagundes Teixeira

    Éo sonho de muitos, adquirir uma Kombi destas, com todos estes designers. Maravilhosa, bem desenhada, muito bom gosto. Parabéns.. eu amei.

  • WilsonPaes Domingues

    Designeré muito bom, más fora da realidade brasileira.

  • Alvaro

    AVW tem que voltar com a simples kombi é não lançar uma van de 7 lugares ao preço absurdo aonde só os ricos poderão comprar. Burrice da VW, atenda a classe média e baixa renda que são a maioria. Vocês terão um lucro bem maior.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now