Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Toyota confirma compacto híbrido flex no Brasil
O novo híbrido flex da Toyota seria baseado no Yaris Cross europeu

Indústria | 19/07/2021 | 20h03

Toyota confirma compacto híbrido flex no Brasil

CEO para a América Latina disse em entrevista que a marca vai oferecer um modelo abaixo do Corolla

REDAÇÃO AB

CEO da Toyota para a América Latina e Caribe, Masahiro Inoue confirmou que a montadora terá no mercado brasileiro um modelo híbrido flex menor e mais barato que o Corolla e o Corolla Cross. A declaração foi feita em uma entrevista para a Folha de S.Paulo.

“A Toyota, mundialmente, vai oferecer produtos eletrificados, seja híbrido, híbrido plug-in ou com célula de combustível. No Brasil teremos um carro pequeno com tecnologia híbrido flex”, disse Inoue na reportagem.

Publicidade



A possibilidade de a marca produzir por aqui um compacto híbrido já era comentada por fontes da indústria desde o ano passado, mas somente agora a informação foi divulgada oficialmente. Uma reportagem do site Autos Segredos revelou que esse modelo havia sido aprovado pela matriz em 2020 e que seria produzido na fábrica de Sorocaba (SP) a partir de 2024, além de garantir que será um SUV.

O texto do site garante ainda que o modelo não seria o Raize como alguns sites brasileiros afirmam, por ser muito pequeno e com construção simples, e sim um veículo baseado na plataforma TNGA-B, a mesma do Yaris e Yaris Cross europeus, para competir na faixa de mercado onde atuam hoje Chevrolet Tracker, Jeep Renegade e VW T-Cross. Existe a possibilidade até de que esse SUV siga o mesmo design do Yaris Cross.


Novo SUV híbrido seria concorrente de modelos como Tracker, Renegade e T-Cross

Sobre a estratégia de eletrificação da Toyota no Brasil, o CEO da Toyota explicou na entrevista por que a marca aposta no híbridos flex em vez de adotar o caminho dos veículos 100% elétricos, como tem feito boa parte da indústria no País.

“Há a preocupação com a recarga, questão que pode estar resolvida na Califórnia ou na cidade de Xangai. Em países como o Brasil, entretanto, ainda não é possível ter uma estrutura ampla de carregamento das baterias. Por isso a aposta no híbrido flex para o mercado brasileiro”, disse Inoue. “O Brasil adotou o etanol há 40 anos, é praticamente carbono neutro, as emissões aparecem apenas na hora de produzir o combustível. Temos que aproveitar a tecnologia que já existe no país, não adianta investir muito dinheiro para produzir baterias.”

Outro ponto de interesse da Toyota para apostar nessa tecnologia é a possibilidade de exportação para outros países. “A Índia está muito interessada nessa tecnologia, mas não tem estrutura e está tentando importar, portanto há chances para o Brasil”, afirmou Inoue na entrevista. Há um mês a Índia anunciou que adotaria a tecnologia de motores flex e que já liberou a venda de etanol nos postos de combustível do país.



Tags: Toyota, Yaris, Yaris Cross, elétricos, híbridos, Masahiro Inoue.

Comentários

  • ClaudinhoOliveira

    EssesHíbridos são enganação TCross por ex 11km por litro, isso pra mim é um motor a combustão

  • JonathanMizuguchi

    Omeu Toyota Prius Híbrido faz 20km por litro na cidade. Depende a tecnologia da montadora. A Toyota tem experiência com híbridos.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now