Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Honda e Caoa Chery lideram aumentos de preços
Volkswagen T-Cross foi o carro que ficou mais caro no mês de junho

Mercado | 23/07/2021 | 11h37

Honda e Caoa Chery lideram aumentos de preços

As duas marcas tiveram os maiores reajustes em junho. VW T-Cross é o modelo que mais subiu

REDAÇÃO AB

Se você acha que os preços dos carros novos subiram muito recentemente, saiba que não é só impressão. Embora a inflação no primeiro semestre tenho sido de 3,5%, segundo o IPC da Fipe, alguns carros tiveram reajuste de tabela que é o quase o dobro desse valor em apenas um mês, enquanto alguns fabricantes apresentaram um aumento da sua linha de veículos equivalente à inflação do semestre inteiro, segundo levantamento feito pela KBB Brasil, empresa especializada em cotações de preços de veículos.

Entre as marcas, a Honda foi a que teve o maior reajuste médio da sua tabela de preços de 0 km em junho: a variação no mês foi de 3,39%. O número está muito acima do aumento médio do mercado de carros novos, que foi de 0,61%. Em segundo lugar do ranking (veja tabela abaixo) está a Caoa Chery, cujos preços dos seus veículos 0 km subiram em média 2,91%. Em terceiro, vem a linha Chevrolet, com 2,09%.



Embora a Honda tenha apresentado o maior reajuste da sua tabela, foi um carro da Volkswagen que encabeçou a lista dos modelos 0 km que tiveram o maior aumento de preço (veja lista abaixo). Trata-se do T-Cross, que cuja média de todas as versões registrou um acréscimo no preço de 6,48%. Ou seja, o preço do SUV da Volks subiu no mês de junho quase o dobro da inflação dos primeiros seis meses do ano.

No segundo lugar do ranking dos modelos que ficaram mais caros em junho destaca-se a picape Nissan Frontier, com um reajuste de 4,77%, índice próximo ao do terceiro dessa lista, o Renault Kwid, que sofreu uma variação média de 4,64%.

A mesma KBB Brasil já havia divulgado no último dia 13 um estudo que mostra que os automóveis usados também sofreram um grande aumento de preço neste ano. De acordo com o estudo, esses modelos subiram quase quatro vezes mais que a inflação (leia mais aqui).

Os preços de veículos no mercado brasileiro, tanto de novos quanto de usados, sofreram um forte aumento por conta da demanda muito acima da oferta, um cenário que reflete os problemas na produção, causados pela falta de insumos, principalmente semicondutores.

MARCAS COM AS MAIORES VARIAÇÕES MÉDIAS DE PREÇO 0 KM EM JUNHO

1º Honda: 3,39%

2º Caoa Chery: 2,91%

3º Chevrolet: 2,09%

4º Mercedes-Benz: 2,02%

5º Toyota: 1,92%


MODELOS COM AS MAIORES VARIAÇÕES MÉDIAS DE PREÇO 0 KM EM JUNHO

1º VW T-Cross: 6,48%

2º Nissan Frontier: 4,77%

3º Renault Kwid: 4,64%

4º Chevrolet S10: 3,55%

5º Honda HR-V: 3,48%



Tags: Mercado, KBB Brasil, novos, 0 km, seminovos, usados, novos, estudo pesquisa, levantamento, Honda, Caoa Chery, T-Cross.

Comentários

  • tuliopereira

    tiggo3x precisa de redução de preços

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now