Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Marcopolo tem lucro de R$ 200 milhões no 2º trimestre
Volare New Attack foi lançado este ano e contribuiu para o bom desempenho da Marcopolo no segundo trimestre

Balanço | 03/08/2021 | 16h46

Marcopolo tem lucro de R$ 200 milhões no 2º trimestre

Resultado é 150 vezes maior do que o obtido no mesmo período de 2020, que foi muito impactado pela pandemia

REDAÇÃO AB

A encarroçadora Marcopolo anunciou ter registrado lucro líquido de R$ 200,9 milhões no segundo trimestre deste ano, o que representa uma evolução significativa frente ao resultado obtido no mesmo período do ano passado, de R$ 1,3 milhão, por conta dos impactos da pandemia.

Segundo o comunicado da empresa, o setor nacional registrou aumento de 4,7% na produção, com 3,4 mil unidades fabricadas no segundo trimestre deste ano, enquanto a Marcopolo registrou alta de 21,6%, com 2,5 mil veículos produzidos (incluindo os modelos da marca Volare). Os ônibus entregues ao programa Caminho da Escola e os adquiridos pelo setor de fretamento, aliás, são reconhecidos pela encarroçadora como os que mais contribuíram para o desempenho positivo da fabricante no período.

"Começamos a perceber sinais de recuperação da confiança de clientes e usuários. Um dos indicativos é o aumento do interesse de compra e maior uso das frotas paradas, o que deve levar a compras efetivas mais adiante. A companhia segue confiante de que a demanda retornará de forma mais intensa no fim do terceiro trimestre, com boas perspectivas para o quarto trimestre, quando a maioria da população brasileira deverá ter tomado a primeira dose da vacina contra Covid-19", declarou José Antonio Valiati, diretor financeiro e de relações com investidores da Marcopolo.

Ainda de acordo com o comunicado, a receita líquida da Marcopolo somou R$ 823,7 milhões entre abril e junho, com aumento de 3,2% na comparação com o segundo trimestre de 2020, enquanto o lucro bruto foi de R$ 60,5 milhões. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) saltou de R$ 40,9 milhões no ano passado para R$ 140,5 milhões em 2021, beneficiado pelo reconhecimento dos processos de exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS e da Cofins, o que representou impacto positivo de R$ 383,0 milhões, antes de impostos.



Tags: Balanço, Marcopolo, encarroçadora, ônibus, Volare, lucro, segundo trimestre, fretamento, Caminho da Escola, José Antonio Valiati.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now